1. Cronograma

a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a a

2. Introdução

3. Leituras

3.1 Leitura obrigatória

1: Costa, Alexandre. Da 'Sociedade sem governo' à 'Sociedade Contra o Estado'. Arcos, 2020.

2: Costa, Alexandre. Flannery & Marcus: as origens da desigualdade política. Arcos, 2020.

3: Costa, Alexandre. A ordem imaginada. Arcos, 2020.

3.3 Leitura Complementar

3.3.1 Ordem natural e origens da sociedade

1: Costa, Alexandre. Yuval Harari e a Armadilha da Revolução Agrícola. Arcos, 2020.

2: Graeber, David; Wengrow, David. The Dawn of Everything: A New History of Humanity. Farrar, Straus and Giroux: 2021.

3:Flannery & Marcus. The creation of inequality. Cambridge: Harvard University Press, 2012.

4: Harari, Yuval Noah. Sapiens. Sapiens: uma breve história da humanidade. Cap. 5 (A maior fraude da história, Introdução [até o título "A armadilha do luxo", exclusive] ) e Cap. 6 (Construindo Pirâmides).

5: Bronislaw MALINOWSKI (1926). Crime e costume na sociedade selvagem. Parte I: A lei primitiva e a ordem. pp. 17-56.

6: Gustavo BARBOSA. A Socialidade contra o Estado: a antropologia de Pierre Clastres. Artigo que discute a contribuição de Clastres para a antropologia contemporânea. USP: Revista de Antropologia, 2004.

7: Fábio PORTELA. A evolução da mente normativa: origens da cooperação humana. Dissertação defendida no Mestrado em Filosofia da UnB, 2011.

4. Atividade

4.1 Atividades complementares: Natureza e Governo