No post desta semana, trate da modernidade, de suas concepções, e de seus limites para enfrentar os desafios contemporâneos. Como formas possíveis para organizar essas reflexões, indicamos 3 alternativas que vocês podem seguir:

Alternativa 1: Autonomia e liberdade no contexto das estratégias de enfrentamento da Covid-19

Leiam esta entrevista com a filósofa Claire Mairin e escrevam um texto sobre os modos como a pandemia de Covid-19 e as medidas para seu enfrentamento representam desafios para a compreensão moderna da autonomia individual, especialmente para a sacralização dos direitos de liberdade.

Usem essa leitura como gatilho. Não se limitem a ela, mas dialoguem com as sugestões de Claire Mairin e pesquisem sobre perspectivas alternativas (ou convergentes) de análise desse fenômeno.

Alternativa 2 - Autonomia individual e uberização do trabalho

Leiam esta entrevista com o filósofo coreano Byung-Chul Han e pesquisem um pouco sobre as teses que ele defende no livro A sociedade do cansaço. Escrevam sobre as relações do individualismo moderno (especialmente da ideia de autonomia) e sua relação com as formas atuais de exploração do trabalho.

Uma linha que pode ser explorada é a das relações entre os valores sociais, os conceitos filosóficos e as formas econômicas predominantes de estabelecer relações de trabalho.

Alternativa 3. O grande inquisidor

O livro "Os irmãos Karamazov" é um dos textos clássicos da literatura e, dentro dele, Dostoievski (um grande crítico da modernidade) faz uma reflexão sobre as relações da religião com a sociedade. Ivan Karamazov escreveu um pequeno texto chamado "O grande inquisidor" e ele apresenta a história a seu irmão Aliocha.

Ivan é um intelectual ateu, que questiona as instituições tradicionais, especialmente a moralidade religiosa. Já Aliocha está no caminho de tornar-se monge, representando um cristianismo com o qual Dostoievski se identificava e que era extremamente crítico aos ideias modernos, representados por Ivan (e por Raskolnikov, no "Crime e Castigo", outra de suas obras centrais).

Dostoievski, Fiodor. O grande inquisidor. Em: Os irmãos Karamazov.

As relações do Inquisidor com Jesus podem ser aproximadas com outras relações, apontando elementos interessantes para pensar as relações entre os aspectos tradicionais e modernos da sociedade contemporânea. Escreva um texto refletindo em que a leitura do "Grande Inquisidor" pode contribuir para a reflexão do papel desempenhado pelo Governo na sociedade atual.